segunda-feira, novembro 05, 2007

post de bolso.

De bolso.

Já virou um adjetivo. Positivo.
Livro de bolso. Relógio de bolso. Tão pequeno que até cabe no meu bolso.

É sinônimo de praticidade e até de companhia. Uma coisa para você levar a qualquer lugar.
Nem que você carregue suas próprias mãos. A mão no bolso dá segurança. É terrível não saber o que fazer com os seus dedos.
Tá com vergonha? Enfia a cabeça no chão e a mão no bolso. Tá arrependido? Fica vermelho e enfia a mão no bolso.

Tem gente que é tão "fofa" que eu queria sempre carregar no meu bolso. Se eu sentir faltar, a qualquer hora, tiro a mão do coelhinho, e enfio a mão no bolso. Tá feito. Saudade curada.

Bolso é sinônimo de felicidade. Ninguém carregada nada ruim lá. Você só acha coisas boas. Dinheiro, chiclete, camisinha, ingresso de cinema, moedas ou qualquer bostinha que você achou na rua, mas guardou porque achou legal, genial, digno de atenção.

Se você quiser conhecer alguém a fundo, olha no fundo da calça dela.

Bolso é personalidade.
Bolso até já virou arte.

http://www.faceyourpockets.com/index1.html

Morte aos bolsos falsos.
Que morram os botões fakes.

Um comentário:

renato disse...

Adorei Mari,

TEnho certeza que vão dizer q vc eh ótima, logo cabe no bolso.

Fazia tempo q vc não postava.

Bjos de bolso para vc – leve para onde quiser (até para a máquina de lavar roupa)